23/07/2006

Benfica - Bordeaux (2-0)

Melhor, bem melhor! Finalmente uma amostra do que a equipa pode vir a render com este esquema táctico. As transições defesa-ataque e a pressão sobre a bola funcionaram bem, ou seja, sem deixar buracos abertos por todo o lado!
A primeira parte do Benfica foi muito boa, principalmente os primeiros 20 minutos. O Bordeaux conseguiu equilibrar o jogo após o (grande) golo de Miccoli. No entanto, nunca causou grande perigo para a baliza de Moretto.

GOLO DE MICCOLI


A segunda parte foi enfadonha, o que era previsivel. O Benfica limitou-se a gerir o resultado (atitude que pode sair bem cara no futuro) e explorou os espaços deixados pelos franceses, criados pelo balanceamento ofensivo dos mesmos. Um golo oportuno de Marcel, a centro de Paulo Jorge, sentenciou o jogo.

GOLO DE MARCEL


POSITIVO:
- A dinâmica do meio campo continua a ser um sinal bem positivo. Nuno Assis integrou-se bem na equipa e Katsouranis finalmente mostrou o que pode oferecer á equipa. Rui Costa e Karagounis continuam em sintonia.
- Miccoli é um grande jogador. O golo e o lance do chapéu ao guarda-redes francês, revelam toda a classe do italiano. Bravíssimo!
- Marcel fez finalmente um golo na luz. Esperemos que sirva para ganhar confiança.
- Anderson e Ricardo Rocha continuam em bom nível. Mais uma dôr de cabeça para Fernando Santos resolver.
- 33.000 pessoas na luz nesta altura do ano (e com estes preços) é bom. Independentemente do que os jornaleiros dizem...

NEGATIVO:

- Moretto não dá confiança á equipa. Ainda não se conseguiu adaptar á pressão que a camisola encarnada acarreta. Assim, Moreira ou Quim são as opções mais válidas.
- Paulo Jorge...péssima maneira de se mostrar aos adeptos na luz. O árbitro esteve bem ao expulsa-lo. O bom centro para o golo de Marcel não apaga a má imagem que deixou.
- Beto NÃO é jogador para o Benfica. Chega a ser rídicula a forma como perde bolas atrás de bolas...
- Karyaka podia, e devia, ter jogado...atitudes destas são desnecessárias e criam mal-estar no balneário.

0 Comentários:

Publicar um comentário

A probabilidade de um comentário ser apagado é directamente proporcional à estupidez contida no mesmo.