18/07/2006

BENFICA - SION (2-3)

Não gostei. Não gostei nem um bocadinho desta exibição, mesmo sabendo á partida que se trata apenas de um jogo de pré-época. Pelo que tenho visto, o único a assimilar a táctica pretendida foi...Fernando Santos. E já lá vão 15 dias.
Como se explica que mesmo jogando com 4 elementos no meio-campo, o mesmo continue a ser um sector débil? Não me parece que Katsouranis tenha a qualidade que lhe apontaram quando assinou pelo clube. Mais uma vez confirmou que se trata de um jogador lento e que não solta a bola nos momentos certos. Contudo, parece-me que se posiciona bem nos lances de bola parada.
A grande novidade deste jogo foi a "relação" entre Rui Costa e Karagounis. O grego ganha claramente outra dimensão com Rui Costa ao seu lado, e foram, na minha opinião, os dois melhores jogadores desta partida contra o Sion. Creio que este ano temos condições de formar um meio-campo muito dinâmico...se Fernando Santos atinar com a táctica!
Tenho também lido muitas criticas á defesa do Benfica: "A defesa parecia um passador!", diziam alguns jornaleiros...pois eu acho que se torna impossível qualquer defesa actuar bem, quando não é convenientemente protegida pelo meio-campo. Com tantas compensações por fazer nas alas, o centro do terreno fica inúmeras vezes desguarnecido. Por outro lado, quando os médios-defensivos protegem o meio, as alas ficam desprotegidas...é o típico tapar a cabeça e destapar os pés.
A táctica utilizada até agora por Fernando Santos parece-me ser extremamente desequilibrada (já nem falo da táctica das segundas partes...). Sendo assim, e tendo em conta as caracteristicas dos jogadores que compõem o plantel, esta seria a estratégia que eu utilizaria se fosse treinador do Benfica:


Penso que esta seria a melhor táctica, tento em conta o plantel que o Benfica tem ao seu dispôr neste momento (partindo do princípio que Simão sai mesmo). Os laterais fariam os seus respectivos corredores, mas os 2 centrais, o líbero e o médio-defensivo garantiriam uma melhor segurança na rectaguarda. Karagounis e Rui Costa distribuiriam jogo para dois avançados: um com liberdade (Miccoli), e outro com presença constante na área (entre Marcel e Nuno Gomes venha o diabo e escolha...).
Falta uma semana para o jogo com o Bordeaux. Fernando Santos e a equipa têm a oportunidade de trabalhar na tranquilidade do novo centro de estágio...espero que aproveitem para evoluir!

Benfica x Bordeaux

0 Comentários:

Publicar um comentário

A probabilidade de um comentário ser apagado é directamente proporcional à estupidez contida no mesmo.