27/05/2009

O Respeito Existe?


Nos últimos dias tenho lido com atenção todos os textos que vão publicando na Blogosfera que tenho como referência. Falo de blogs como a Tertúlia Benfiquista, o Geração Benfica, o Mágico SLB, o BNR B o Benfica 365 e até o Novo Benfica (apesar de em certas franjas não ser muito popular) e claro, o Blog do António Boronha que como “lagarto” não deixa de ter sempre uma opinião (e distanciamento) a ter em conta.

Todos têm opiniões díspares (por vezes mesmo entre escribas dos mesmos blogs, o que é uma imagem salutar do pluralismo que se quer para o Benfica) e isso ajuda sempre a pensar em todos os motivos, todas as razões e todas as correntes que hoje em dia (e mais que nunca nos últimos anos) vão afectando o Benfica.

Já há algum tempo que penso (e escrevo…) que o real problema do Benfica não são os treinadores, jogadores, directores desportivos e mesmo os Presidentes. O problema somos nós. A maior massa adepta do país que em passes de mágica abdicou do estatuto de Adepto para o de cliente / consumidor de kits e ilusões. Estamos finalmente (?) a acordar mas até quando? Temos futuro como grande clube?

Ontem uma palavra estava constantemente a ecoar me no cérebro. Respeito.

E porquê “respeito”?

Porque o perdemos.

Perdemos o respeito pelo Benfica. E como tal o Benfica não se dá ao “Respeito”!

Este mal não é de agora.

Lembram-se do Futre ser um símbolo dos Tripeiros e ser ovacionado de pé na Luz no jogo para a Taça com o Porto? (eu lembro-me, estava lá e ovacionei…). Lembram-se do Artur Jorge e do “O Benfica é um Circo”? Lembram-se do Ivic e de querer reduzir os limites do campo da nossa Luz? Lembram-se do Fernando Mendes e do “Benfica é um clube foleiro”? Do Eydelie treinar com a camisola do Benfica? Do Stanic não servir para o Benfica e ir para o Chelsea? Do “novo Eusébio” Akwa? (como se uma heresia dessas fosse possível de pronunciar) Do Professor Neca a ministrar treinos? Do King emprestado pelo Farense? Da maneira como o Mauro Airez chegou ao Benfica? E o Paulo Madeira? Do Marinho e do Amaral? Da maneira como “fugimos” ao pagamento do Poborsky? De irmos comprar o Cadete, um símbolo do Sporting? Da aquisição em pacote de Alverca de (salvo erro): Artur Futre, Amoreirinha, George Jardel, Andersson Luiz e Ronald Garcia? Do Bibi entrar por um treino dentro? De irmos buscar símbolos do Porto como o Drulovic? O Zahovic?

Poderia também fazer uma lista da quantidade de jogadores que foram comprados e nunca jogaram no Benfica mas nem quero ir por aí.

Onde quero chegar é que apesar de todos estes erros, todos estes momentos na história recente do Benfica ainda vejo em Fóruns e Blogs de Benfiquistas a defenderem Azenhas, Domingos e Jorge Costa para treinadores do Benfica. Está tudo louco?

Perderam a noção do que é o BENFICA?

Comecei a ir à Luz em 1989/90. Vou vos dar uns nomes dos jogadores que vi jogar nessa época: Bento, Ricardo Gomes, Aldair, Veloso, Chalana, Diamantino, Thern, Paneira e Valdo, César Brito, Magnusson e o Vata (excluo o Paulo Sousa e o Pacheco por serem uns ranhosos).

Estão a perceber o que é o BENFICA?

Estão a perceber a bitola à qual foi habituado?

Estão a perceber a quantidade de jogadores portugueses que estão na lista? (e os que não eram portugueses eram INTERNACIONAIS de selecções a sério – não vejo ali internacionais da Guiné Equatorial ou do Djibouti).

Estão a perceber que perderam a esfera de influência no futebol português porque abdicaram de se reforçar no Boavista, no Braga, no Portimonense, no Vizela e se vão reforçar no Rosário Central no Corinthians Alagoano e no…Cluj? (Clube que supostamente tem um protocolo anunciado com pompa e circunstância com o Benfica e que agora mete entraves a uma transferência anunciada).

Custa darem-se ao respeito?

Custa perceberem que têm putos nas camadas jovens com qualidade, que se devem juntar a uns quantos jogadores portugueses de qualidade e para virem estrangeiros têm de ser mesmo bons?

Custa perceber que o processo de evangelização do Simão Sabrosa não resulta sempre com jogadores que passaram em agremiações de valores díspares dos nossos?

É assim tão difícil perceber isso?

Já não chega estes anos de travessia no deserto?

Já não chega de dirigentes que eram / são adeptos de outros clubes no Benfica? Não percebem que o “delta” entre o profissionalismo e o Amor ao Benfica é o que faz a diferença?

Não vos custa que um treinador de um clube que nunca ouvi falar como o FC Metalist Kharkiv chega à nossa casa e goza connosco?

Custa perceber que andaram anos para arranjar um ponta de lança pós Rui Aguas, arranjaram o Van Hooijdonk, mandaram-no embora porque não havia papel e agora que arranjaram outro (e nem me façam falar dos Karadas e dos Pringles senão fico doente…) já se fala que o querem despachar?

Está tudo louco?

Os Jornais escrevem o que bem lhes apetece e não há contraditório? Há comunicados inócuos para a CMVM que nem valem o papel em que são escritos?

Bolas Rui, estás à espera do quê?

O Benfica merece respeito.

Post publicado também aqui e aqui.

5 Comentários:

Vitor Pereira disse...

Aplaudo! Você está 100% certo! RESPEITO é a palavra que nunca devíamos esquecer. E devímos começar pelo respeito próprio. Pelo respeito que devemos ao nosso Clube e que está intrinsecamente ligado à nossa escolha de sermos benfiquistas. E quando uns tantos estercos de apito na boca chegam à nossa casa e nos faltam ao respeito, roubando-nos descaradamente, é porque não nos damos ao respeito. Temos de mudar de caminho e enveredar por aquele que já foi nosso: o caminho do RESPEITO, do ORGULHO, do ser BENFIQUISTA sem vergonhas ou medos.
VIVA O BENFICA! VIVA O BENFICA! VIVA O BENFICA!

Vitor Pereira

Anónimo disse...

Luis Cebola "Verdadeiro"

Nunca tinha vindo aqui ao teu blog ,posso te dizer que estou impressionado com a tua escrita,excelente!!!! parabens !!!!

Tens toda a razão em relação aos jogaodres que o benfica contracta ñ tem nada a ver com o benfica dos meeados dos anos 80 e inicios dos noventa até entrar o fizz di puit do artur jorge

Eu qnd era miudo ia ao estadio da luz com 6 anos ,sozinho ver os meus idolos, morava relativamente perto "buraca" e via futebol a serio, praticado por jogadores a serio, com adeptos a serio metade deles eram meus tios prq entrava com eles no estadio a borla lol e prk era muito novo e ia sozinho !!!!

bons velhos tempos !!viva o benfica

Espero voltar a ver esse benfica outra vez

editor disse...

Última hora:


"Árbitro do Porto foi considerado o melhor da temporada.

Jorge Sousa, árbitro do Porto de 33 anos, é o juiz do ano para a RR.

Assim determinou a classificação, apurados que estão os resultados de todos os jogos da Liga Sagres, que mereceram cobertura dos jornalistas e comentadores da Renascença.
Jorge Sousa dirigiu 17 jogos no principal campeonato, com destaque para o Benfica 1 - FC Porto 1, realizado logo na segunda jornada.

Os árbitros aguardam agora pela classificação final da FPF, que vai determinar subidas e descidas, bem como um posicionamento tendo em vista a nova temporada. Ainda assim, Jorge Sousa em declarações a Bola Branca disse estar "totalmente tranquilo".

O árbitro da Associação do Porto fala igualmente em nome de uma classe sempre colocada em causa, fazendo votos que a próxima época possa ser "melhor para todos".


PALAVRA PARA QUÊ!!!


Conhecem-no?

Lembram-se dele?...

Pedro G.

NXP disse...

Bom post, camarada!

De facto, quando nós próprios não nos damos ao respeito, como podemos exigir aos de fora que o façam?

Estou em crer que chegou a altura de decretar um blackout. Lei da rolha até que a histeria passe!

Hugo disse...

Carissimo,

Excelente post...Acho que está tudo dito...

Só um conselho...Que tal enviar isto directamente em estilo de "carta aberta" ao nosso Rui?!?!

Acho que é preciso...Talvez lhe fala algumas luzes sei lá..

Continua o bom trabalho...

Enviar um comentário

A probabilidade de um comentário ser apagado é directamente proporcional à estupidez contida no mesmo.