26/05/2009

"Quique" fica, "Quique" vai...

No fardo de palha ontem enviado à CMVM, o clube informa (novamente) o mercado que “Quique” Flores é o treinador do clube porque ainda tem um contrato em vigor. La Palisse não diria melhor! Na verdade tratou-se de um não-comunicado, pois foi escrito de modo a que o clube não tenha de se justificar quando despedir o treinador espanhol. Já todos percebemos, inclusive a CMVM, que é apenas uma questão de tempo/oportunidade até que “Quique” vá comer tapas para a sua terra…

Por outro lado, é também apenas uma questão de tempo até que a reguladora se farte destas brincadeiras e nos aplique uma valente multa, o que até se justifica devido ao comportamento recente dos dirigentes do Benfica. Alguém avise Vieira e sus muchachos que não andamos a brincar às empresas, sff.

No meio de toda esta confusão, continuo sem perceber qual o papel de Rui Costa nestes processos. Concorda, ou não, com a saída do seu amigo “Quique”? A escolha de Jorge Jesus, Ramires, Álvaro Pereira e Patric são da sua responsabilidade?

Parece-me evidente que o Benfica está à deriva. Sendo assim, urge assentar ideias e cerrar fileiras. Espero, sinceramente, que todas as decisões futuras se fundamentem no melhor para o clube e não no que poderá ajudar Vieira a ser reeleito. Se caírem nessa tentação corremos o sério risco de ver o clube regressar a uma realidade nada agradável.

1 Comentários:

Joli disse...

Uma coisa os Benfiquistas podem estar certos. A época que aí vem vai ser tão ou mais merdosa que a que findou.

Enviar um comentário

A probabilidade de um comentário ser apagado é directamente proporcional à estupidez contida no mesmo.