28/05/2013

10 motivos porque Jorge Jesus deve sair do Benfica

1 - Foi campeão logo no seu primeiro ano com uma equipa que não era sua. Nunca o admitiu nem deu parte do crédito a quem devia: Rui Costa.

2 - Miguel Rosa, Roberto, Emerson, entre outros.
A insistência absurda em Roberto e Emerson seria motivo suficiente para despedimento e, provavelmente, custou-nos um campeonato. Por outro lado, a não utilização de Miguel Rosa já roça o escândalo.

3 - O discurso.
Cola ao Benfica uma imagem de arrogância, prepotência e fanfarronice e não é de admirar que os clubes e treinadores adversários joguem contra nós como se fosse o jogo da sua vida.

4 - Relação custo/rendimento.
É publico que Jesus está no top 10 dos treinadores mais bem pagos da Europa, mas o seu salário não corresponde aos títulos que efectivamente ganhou. Não, as finais perdidas e os acessos à Champions League não contam como título...

5 - Não se comprometeu a 100% com o Benfica.
Foi inumeras vezes associado aos rivais e, quando confrontado com essas notícias, nunca declarou de forma clara e inequivoca que estava e queria estar no Sport Lisboa e Benfica, preferindo antes demontrar honra e satisfação pelo interesse demonstrado. Chegou até a sorrir perante a possibilidade de treinar o porto logo após o primeiro ano no clube.

6 - Chantageou o clube de modo a conseguir um contrato milionário.
Logo após ter sido campeão utilizou o interesse do porto de modo a obrigar o Benfica a renovar com direito a salário milionário. Se Vieira não tivesse reagido, Jesus teria mesmo ido para o rival apesar de ter mais um ano de contrato.

7 - Subserviência ao porto.
Com Jesus já perdemos 5-0 no dragão, deixámos (esta é a palavra certa) aquela corja ganhar um campeonato em plena Luz, perdemos o acesso à final da taça novamente em casa, no ano passado voltámos a perder um jogo decisivo na Luz e este ano perdemos o campeonato na penúltima jornada no dragão. Basta!

8 - Não faz a diferença.
A sua permanência no Benfica deve-se, em grande parte, ao medo que Vieira tem que este vá para o porto. Mas que ganharia o porto com a sua contratação? Se foram bicampeões com um energúmeno ao leme que ganhariam eles com a sua contratação? Nada, absolutamente nada! Jesus no porto não faria melhor que Vilas-Boas ou Vítor Pereira.

9 - 2012-2013.
Esta temporada vai ficar cravada na nossa memória para sempre. Perdemos tudo, e não apenas o campeonato, no encontro com o Estoril onde a equipa foi instruida a jogar com o coração nas mãos desde o primeiro minuto. Claro que deixar o Carlos Martins levar com a fúria dos adeptos foi muito conveniente, mas quem não lhe deu ritmo de jogo e confiança foi Jesus. Naquele lance nâo foi o Carlos Martins que foi expulso: foi o seu treinador.

10 - "Um lagarto jamais será um jacaré".
A foto que acompanha este texto diz tudo. Foi tirada quando Jesus já era treinador do Benfica e reflete exactamente a mentalidade deste homem. Fico com a ideia que antes de treinar o nosso clube seria daqueles lagartos básicos que destila ódio ao vermelho, porque só isso explica algumas das atitudes que tomou nestes 4 anos e as humilhações a que nos sujeitou.

0 Comentários:

Publicar um comentário

A probabilidade de um comentário ser apagado é directamente proporcional à estupidez contida no mesmo.