13/04/2009

Amanhã é outro dia.

E assim, com toda a naturalidade do mundo, o Sport Lisboa e Benfica, o Glorioso, fica mais uma vez afastado dos dois primeiros lugares do campeonato. Contudo, muito pior que não ficar em 2º - o primeiro dos últimos - é ter acontecido aquilo que infelizmente já previa: o Benfica vai ficar, pelo segundo ano consecutivo, afastado da Champions League. Contrariamente ao que Domingos Soares de Oliveira fez crer num debate realizado há umas semanas, o sucesso financeiro do Benfica está directamente associado à sua presença na CL, daí a minha preocupação com esta situação. Como neste clube um mal nunca vem só, isto sucede no ano em que o Benfica realizou o maior investimento de sempre na sua equipa de futebol. Comprámos caro e mal. Muito mal. Adiante.

Futuro Próximo.
Creio que o Benfica, um pouco à semelhança do que o Porto fez este ano, terá inevitavelmente de vender um dos seus melhores jogadores para equilibrar as contas. Isto releva-se especialmente danoso quando poucos elementos deste plantel têm qualidade acima da média. Destes, Luisão, Katsouranis, Di Maria e Yebda são claramente os maiores candidatos à saída por terem mais mercado/bons empresários.
Candidatos à dispensa há muitos, com Balboa à cabeça, mas creio que seria contraproducente entrar num "novo ciclo" de 15 dispensas e outras tantas entradas. O que Luís Filipe Vieira e Cª ainda não perceberam, porque não entendem este desporto, é que as equipas de futebol se constroem com estabilidade e rigor, avaliando intensamente o perfil de cada jogador que integra o plantel. É neste ponto que o Benfica tem falhado consecutivamente; contratam-se jogadores cujo único critério parece ser ocuparem determinada posição no terreno e chegamos ao cúmulo de contratar sem sequer conhecer as verdadeiras características do atleta. Karyaka é o exemplo perfeito do que estou a descrever: o Benfica contratou um (excelente) médio centro para jogar a... extremo direito. Para além da análise ao vivo, bastava ter pesquisado um pouco para conhecer melhor as qualidades deste excelente jogador russo. Foi apenas mais um grande jogador que este clube deixou fugir.

Amanhã é outro dia.
Esta direcção terá vários meses para preparar as eleições, especialmente durante o próximo verão que se espera bastante quente. Espero que não cometam o erro previsível de entrar em loucuras numa tentativa desesperada de angariar votos e apoiantes. É preciso não esquecer que o Benfica não termina em Outubro e que o que se construiu nestes anos pode facilmente ruir com uma breve sequência de más decisões. Depois vem um filme a que todos nós já assistimos: o próximo que feche a porta que amanhã é outro dia.

0 Comentários:

Publicar um comentário

A probabilidade de um comentário ser apagado é directamente proporcional à estupidez contida no mesmo.